CADEIRA 17

FUNDADOR

PATRONO

SUCESSORA

Zilma Haick Dalla Vecchia nasceu em Guarapuava – Paraná, em 23 de novembro de 1942. Seus pais, Abrahão Haick e Jamile Wakin Haick, de ascendência libanesa, vieram de São Paulo para Guarapuava em 1941. Esses dois fatores origem árabe e a vida de seus pais em São Paulo, marcaram profundamente a sua vida e a de seus irmãos: Zuleika, Vera Lúcia, João Carlos e Sônia Regina. O contato frequente com os familiares de São Paulo permitiu a vivência simultânea e contrastante entre a cidade de Guarapuava da metade do século XX, e a cidade de São Paulo, desde aquela época, a maior cidade do Brasil.

Em Guarapuava dos anos 50 iniciou os seus estudos. Primeiramente, no Colégio Nossa Senhora de Belém, depois no Grupo Escolar Visconde de Guarapuava, Escola Estadual Manoel Ribas, Escola Normal Secundária Professor Amarílio Resende de Oliveira.

Em 31 de dezembro de 1964, casou-se com Darnis Antônio Dalla Vecchia com quem tem quatro filhos: Fábio, Telma, Taísa e Talita. Esses filhos, com os seus cônjuges, já lhe deram seis netos: Bruno Fernando e Maria Eduarda, Giovanna e Guilherme, Gabriela e Manuela.

Como gostava de estudar resolveu prestar vestibular para o Curso de História, na Universidade Federal do Paraná. Durante quatro anos, de 1961 a 1964, revezou o seu tempo entre Guarapuava e Curitiba. Anos turbulentos! Greves contínuas na Universidade. Perseguição às pessoas contrárias ao governo militar. Golpe de Estado em 31 de março de 1964. Conclusão do curso em dezembro de 1964.

Em 1976, concluiu o Curso de Especialização em História, Área Socioeconômica.

Mesmo antes de se formar em História, iniciou a sua vida profissional lecionando na Escola Normal Colegial Nossa Senhora de Belém.

De 1964 a 1988 foi professora primária. Professora de História, coordenadora de Estudos Sociais e Supervisora Escolar em diversas escolas da rede pública de ensino, em Guarapuava e, por um breve período, em Laranjeiras do Sul, Paraná.

De 1971 a 1995, trabalhou na Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras de Guarapuava – FAFIG, depois Universidade Estadual do Centro-Oeste – UNICENTRO, exercendo atividades docentes e administrativas. Nessa instituição, foi responsável pela elaboração e execução do projeto de organização e estruturação dos Arquivos Históricos de Guarapuava, de 1984 a 1995.

Essa experiência rendeu-lhe o gosto pelo trabalho em arquivos históricos. Desde a década de 80 realiza um trabalho voluntário no Arquivo Histórico da Paróquia e Catedral Nossa Senhora de Belém.

Publicou o livro “Registro do Vigário da Vila de Nossa Senhora de Belém de Guarapuava”, em 2017. Coautora dos livros “A ACIG em ação – 1955-1995” e “Guarapuava em dois tempos – Os contrastes de uma cidade.”

Apresentou a comunicação “O Arquivo Histórico da Catedral Nossa Senhora de Belém dentre os bens culturais, históricos e artísticos da Diocese de Guarapuava”, na XXXVIII SEMANA DE HISTÓRIA, da Universidade Estadual de Ponta Grossa – Paraná, em 2008. Em 1984, na UNICENTRO, ministrou o workshop “O arquivo histórico da UNICENTRO” e o minicurso “História do Paraná: teoria, pesquisa e historiografia”.

Publicou diversos artigos referentes à História de Guarapuava nos jornais locais.

Desde que foi Vice-Presidente da Comissão Organizadora dos Festejos dos 200 Anos da Chegada da Expedição de Conquista e Povoamento dos Campos de Guarapuava, em 2010, tem se dedicado ao estudo dos primórdios da história da sua cidade natal.

Além de pertencer à ALAC, é associada do Instituto Histórico de Guarapuava – IHG e da Associação dos Docentes Aposentados da Unicentro – ADAU.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak