CADEIRA 24

FUNDADORA

PATRONO

SUCESSORA

Luigi Antonio Ciscato nasceu em Torrebelvicino, na Itália em 25 de fevereiro de 1885. 

Filho de Antonio Ciscato e Antonia Finco Ciscato emigrou para o Brasil aos sete anos de idade, 10. juntamente com seus pais e irmãos. Desembarcou no Porto de Paranaguá, em 26 de abril de 1892, indo residir em Curitiba com a família. Casou-se com Rosa Chiaretto e tiveram cinco filhos.

Luigi Antonio Ciscato foi um autodidata e sua paixão era a eletricidade. Não fez curso superior, mas aprendeu toda a teoria sobre o assunto em livros de grandes mestres, que com dificuldade importara da Itália. A prática foi garantida com o seu primeiro emprego na termoelétrica Hauer Junior e Cia, em Curitiba. Era um excelente técnico, muito respeitado pelos seus superiores. Sua competência causava admiração aos engenheiros formados no exterior. A ele eram confiadas tarefas de grande responsabilidade, o que lhe permitiu aprimoramento e ascensão profissional na empresa.

Mas o grande sonho de Luigi Antonio era construir uma usina geradora de eletricidade em qualquer lugar do Estado. Em 1909, tomou conhecimento de que na cidade de Guarapuava, interior do Estado, as ruas eram iluminadas com lampiões a querosene. A idéia do seu grande sonho estava começando a se realizar. Em 1910, passa a residir em Guarapuava. Em 16 de maio do mesmo ano, adquire juntamente com Silvio Colle a Empresa de Eletricidade de Guarapuava. De imediato começaram a construção de uma nova usina, inaugurada seis meses depois.

A cidade crescia, o número de ligações aumentava, e Luigi Antonio já pensava em introduzir melhoramentos na sua Empresa. Em 10 de julho de 1913, encaminha à Câmara Municipal, uma proposta, porém negada. O maquinário já não suportava a demanda, o fornecimento era precário e as reclamações eram muitas. Em 27 de outubro de 1921, uma violenta descarga elétrica atingiu a rede de distribuição de energia, inutilizando por completo a máquina elétrica.

Em 18 de abril de 1922, foi aprovada, pela Câmara Municipal uma nova proposta da Empresa Silvio Colle e Ciscato: montar uma Usina Hidroelétrica no Rio Jordão objetivando melhorias no fornecimento de energia para a população. Luigi começa a realizar o seu grande sonho. Em 10 de fevereiro de 1924, foi inaugurada com a presença de autoridades e um grande número de pessoas. A Usina era considerada uma das melhores do Estado.

Mas a luz não foi a única modernidade trazida por Luigi Antonio Ciscato para a cidade de Guarapuava, deve-se a ele o primeiro automóvel Benz, o primeiro gramofone, motocicleta, rádio e telefone. Incentivou a cultura do trigo, o comércio e a indústria da região.

Luigi Antonio Ciscato faleceu em 21 de abril de 1938, mas no progresso de Guarapuava se reflete a luz de suas obras, gerada pela energia de seus sonhos, de suas iniciativas e de seus investimentos.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak