CADEIRA 37

FUNDADORA

PATRONO

SUCESSORA

A cidade de Lunz am See, Austria, deu ao Brasil um dos seus filhos mais ilustres - Dom Frederico Helmel. Seu nascimento ocorreu em 2 de maio de 1911, sendo o segundo filho de Franz e Mathilde Helmel. Estudou na Áustria e em Roma. Em 1937, foi ordenado sacerdote da Congregação do Verbo Divino, trabalhando em diversos Institutos da Congregação. Veio para o Brasil como membro dessa Congregação missionária, pouco antes da Segunda Guerra Mundial. Sua atividade principal foi como professor de química, matemática e geologia, exercendo o magistério em seu país de origem e também em território brasileiro.

Ocupou ainda, no Brasil, os cargos de Ecônomo, Reitor e Superior Provincial.

Em 20 de janeiro de 1966 retornou à Áustria, para assumir o cargo de Reitor do Seminário Maior do Verbo Divino. Em 25 de março, do mesmo ano, foi publicada a sua nomeação como Bispo da Diocese de Guarapuava.

A sagração episcopal ocorreu em 19 de maio de 1966 e a posse da diocese em 26 de junho do mesmo ano.

Permaneceu em Guarapuava por 20 anos.

Dom Frederico percorreu uma trajetória notadamente atuante e participativa, caracterizando-se como um homem voltado para o social da Igreja.

Enfrentou o desafio da escassez de sacerdotes com um plano de ação pastoral, que priorizou a linha catequética, destacando a família e a escola.

Incentivou o aprofundamento da doutrina cristã por meio dos diversos movimentos de Cursilhos de Cristandade, Legião de Maria, Movimento Familiar Cristão e Renovação Carismática Católica.

Foi um grande comunicador, participou da vida em família, conhecia os anseios e necessidades do povo guarapuavano. Com o objetivo de ficar mais próximo desse povo, orientando-o no espírito cristão, criou uma rádio católica, a Fundação Nossa Senhora de Belém, em 25 de junho de 1976.

Construiu o Seminário Nossa Senhora de Belém, a Casa de Formação de Líderes de Guarapuava, o Edifício Nossa Senhora de Belém, para abrigar as coordenações e secretarias, a Cúria Diocesana e a Rádio Cultura, bem como criou várias pastorais.

Percorreu grandes distâncias na diocese guarapuavana, visitando as comunidades, muitas vezes utilizando meios de transportes improvisados, até mesmo a cavalo ou a pé, em estradas precárias de lama e pó.

Exerceu sua missão de Pastor da Diocese de Guarapuava até 1986. Como Bispo Emérito foi residir junto com seus confrades da Congregação do Verbo Divino em Juiz de Fora, Minas Gerais, onde veio a falecer em 1993.

A pedido dos guarapuavanos, seus restos mortais foram transladados para Guarapuava onde foi recebido por uma multidão de fiéis e amigos, sendo sepultado com todas as honrarias na Catedral Nossa Senhora de Belém.

Dom Frederico é lembrado como Bispo da Catequese, das Vocações, Bispo Comunicador, Missionário e o Bispo das Fundações, e, sobretudo, como alguém que escreveu com sua própria vida registros profundos na história de Guarapuava, delimitando-a em um antes e um depois do seu primeiro e saudoso Bispo.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak