CADEIRA 02

FUNDADOR

PATRONO

SUCESSOR

Da expedição do Sargento-mor Francisco José Monteiro fazia parte o Sargento da Praça de Santos, Cândido Xavier de Almeida e Souza que, na conquista de Guarapuava, foi um dos mais notáveis elementos. Na sua carreira militar atingiu o posto de Tenente Coronel e o de Marechal. Na política, atingiu o cargo de Presidente Provisório de São Paulo, 1822/1823. Entrou na política junto com José Bonifácio e como Marechal do Exército, em 1821, trabalhou pela Independência do Brasil.

O Sargento Cândido Xavier de Almeida e Souza, elevado a Tenente, sucedeu a Bruno da Costa que morreu afogado no Rio Iguaçu, prosseguindo a viagem de seu antecessor, na expedição do sargento-mor Francisco José Monteiro para a região do Iguaçu.

Desceu o rio até o Funil. Depois, até Porto Botelho. Era o dia 7 de setembro de 1770, quando avistaram o clarão de uma grande fogueira e para tirar a dúvida sobre as causas do incêndio, Cândido Xavier de Almeida e Souza, em 9 de setembro de 1770, comandou uma segunda investida e recuou até a boca do rio, que hoje conhecemos como Jordão, vindo a descobrir os Campos de Guarapuava. Em local alto e plano construiu um fortim improvisado a que deu nome de Nossa Senhora do Carmo, desejando, com ele, ter apoio para a conquista dos campos, dos quais se tinha notícia como vaga lenda.

No encontro com Afonso Botelho, comandante da expedição, este recebeu cheio de satisfação e aprovou todos os projeto de Cândido Xavier para abrir picadas, ligando o Porto da Vitória aos novos Campos. Para isso, embarcaram com Xavier o tenente Felipe Santiago, um padre catequista e duas esquadras de homens escolhidos. As dificuldades encontradas, a extrema demora da obra e as deserções levaram Xavier a ter nova entrevista com o operoso Coronel Afonso Botelho e dessa conversa resultou nova bandeira destinada a reconhecer perfeitamente os campos famosos de Guarapuava.

Cândido Xavier contemplou o panorama do Guayra, em meados de 1783, quando foi encarregado de tomar posse, para Portugal, da margem esquerda do rio Iguarahy, que desemboca no Paraná, cerca de dez léguas abaixo do Sete Quedas. an>padre catequista e duas esquadras de homens escolhidos. As dificuldades encontradas, a extrema demora da obra e as deserções levaram Xavier a ter nova entrevista com o operoso Coronel Afonso Botelho e dessa conversa resultou nova bandeira destinada a reconhecer perfeitamente os campos famosos de Guarapuava.

Nasceu em São Vicente (São Paulo) e ali faleceu, em 25 de dezembro de 1831, aos 83 anos, com belíssima fé de ofício, sem deixar descendência. Desde a sua maioridade consagrou-se aos serviços da Pátria. /body> an>padre catequista e duas esquadras de homens escolhidos. As dificuldades encontradas, a extrema demora da obra e as deserções levaram Xavier a ter nova entrevista com o operoso Coronel Afonso Botelho e dessa conversa resultou nova bandeira destinada a reconhecer perfeitamente os campos famosos de Guarapuava.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak