CADEIRA 27

FUNDADORA

PATRONO

SUCESSOR

Nasceu na Fazenda Três Palmeiras, no Distrito de Pedro Lustosa, então município do Pinhão, no dia 13 de junho de 1901, sendo seus pais o major Joaquim Ferreira de Oliveira e Ubaldina Lustosa Danguy.

Já aos três anos de idade, seus tios Capitão Manoel Paulo de Siqueira e Rosa Lustosa Danguy de Siqueira – prestante cidadã da comunidade guarapuavana, resolveram adotá-lo juntamente com outra prima, Maria Rosa, mais tarde casada com o desembargador Guarita Cartaxo.

Freqüentou a Escola Brasil Cívico em Nova Krotona, arredores de Rio Negro, em Santa Catarina, dirigida pelo culto professor Dario Veloso. Também foi aluno do professor Luiz lanck e Pe. Nicolau Simon em Guarapuava.

Com o falecimento de seu tio e pai de criação Capitão Paulo, regressa à Fazenda São Pedro em Palmas para auxiliar na administração da propriedade rural. No entanto, continuou a estudar com dedicados e competentes professores particulares.

Em 1919, ao lado de conterrâneos, fundou e dirigiu um quinzenário literário e noticioso, denominado o Pharol. Em seguida O Alvorada, mais tarde o Correio do Oeste, e finalmente a Folha do Oeste, este, de maior tempo de circulação em Guarapuava.

Articulista de renome, usava o pseudônimo João do Planalto.

Adquiriu a maioria das ações do Teatro Santo Antonio, originando a firma comercial Lustosa & Bitencourt que promoveu sua reconstrução e ampliação permitindo a exibição de filmes cinematográficos.

Foi Presidente do Clube Guaíra de 1940 a 1944, implementando diversas melhorias.

No ano de 1944, exerceu o cargo de Prefeito Municipal por indicação do Interventor Federal Manoel Ribas.

Em 1947, elegeu-se Deputado Estadual por três legislaturas seguidas, sempre pelo Partido Social Democrático.

No pleito de 1958, como primeiro suplente, ocupou uma cadeira na Câmara Federal.

Ocupou o cargo de Secretário de Estado dos Negócios do Interior e Justiça no Governo de Moisés Lupion, em 1959. Em 1960 foi indicado pelo Presidente Juscelino Kubistchek como Diretor Presidente do Conselho Administrativo da Caixa Econômica Federal do Paraná, até 1964.

Obras Publicadas:

- Na Tribuna Parlamentar. Em três volumes coincidindo com as legislaturas que exerceu o cargo de Deputado Estadual.

- Luta pela Conclusão do Asfaltamento da Rodovia BR-35 - 1955.

- A Revolução e o I.P.M. da Caixa Econômica - 1965.

- Sonetos e Poemetos - 1971.

- Estância Hidro-Climática Santa Clara - 1974.

- Passos de uma Longa Caminhada - 1978.

Construiu no topo da Serra de São Luiz do Purunã, Km 35, em terreno de sua propriedade Estância Guarapuavana, um monumento em homenagem ao Grande Amigo Jesus Cristo.

Idealizador da construção do monumento ao Cacique Guairacá que enfeita uma das principais avenidas da cidade.

Faleceu no dia 29 de janeiro de 1995, sendo sepultado no Cemitério da Água Verde, na Capital do Estado do Paraná.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak