CADEIRA 28

FUNDADOR

PATRONO

SUCESSOR

Nascido em 13 de setembro de 1902, na cidade do Rio de Janeiro, o professor Amarilio veio de uma família de educadores. Foram seus pais Afonso Pinto de Oliveira e Agostinha Resende de Almeida. Foi estudante seminarista do Colégio de Bom Jesus, de Pirapora.

Iniciou atividades como professor do Ensino Primário, no cargo de Diretor do Grupo Escolar de Wenceslau Braz-PR.

No ano de 1927, veio para Guarapuava, quando assumiu a direção do Grupo Escolar Visconde de Guarapuava, onde permaneceu até 1935.

 

Nos oito anos em que dirigiu a escola, entre outros melhoramentos, fundou a Caixa Escolar, que ajudava os alunos necessitados. Nessa ocasião criou o Jardim da Infância e fundou o escotismo.

Foi diretor do Colégio São José, educandário conhecido como Colégio dos Padres da Ordem do Verbo Divino.

Em 8 de setembro de 1928, contraiu núpcias com Judith Bastos de Oliveira, de cujo vínculo teve como descendentes quatro filhos: lara, Lenita, Trajano e Laura Terezinha.

Sua atividade de empresário começou em Lagoa Seca, então distrito de Candói, em que foi muito ajudado pela esposa.

Ao retornar a Guarapuava, fundou a empresa Bastos & Companhia, dedicada ao ramo comercial farmacêutico com a denominação de Farmácia Trajano, nome dado em homenagem ao seu sogro, Trajano. Na época, Sebastião Loures Bastos (comerciante) e Laurentino da Costa Avila (farmacêutico) eram seus sócios. Isso ocorreu no dia 19 de maio de 1937.

Devido a seus afazeres como professor, não participou diretamente da sociedade, só vindo a fazê-lo no dia 13 de setembro de 1944, quando da quarta alteração contratual da empresa.

Ele também atuou no setor de comunicação quando fundou os jornais Clarim e Combate. Foi também por longo tempo redator da Folha do Oeste, diretor da Rádio Difusora de Guarapuava, onde criou e comandou os programas Infantilidades e Clube Mirim, tendo descoberto muitos valores infantis e jovens.

Foi incentivador e fundador de um grupo de escoteiros.

Como político, o professor Amarílio foi chefe da Ação Integralista Brasileira, militante do Partido de Representação Popular, pelo qual foi eleito vereador em duas legislaturas (1951 e 1955), tendo ocupado a presidência da Câmara Municipal, no ano de 1954.

Sua filosofia como professor era "autoridade com liberdade". Faleceu no dia 7 de agosto de 1956.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak