CADEIRA 06

FUNDADORA

PATRONO

SUCESSORA

Alcioly Therezinha Gruber de Abreu, decima entre os onze filhos de Alcides Gruber e Olympia Amaral Gruber, nasceu em Irati, Parana.

Fez seus estudos secundários no Colégio Nossa Senhora de Belém, na Escola Normal Secundaria, hoje Professor Amarílio e, na Escola Técnica de Comércio, todos de Guarapuava.

Cursou Historia, pela Universidade Federal do Parana, onde também fez seu Curso de Mestrado, na área de Historia do Brasil, opção História Econômica.

Casou-se, em 1961, com Gerson João Mendes de Abreu, de cujo casamento teve cinco filhas: Maria Olympia, Telma Regina, Ana Lúcia, (de saudosa memoria); Gisele Cristina e Gislene Izabel.

 

Trabalhou em todos os níveis de ensino, do primário ao pós-universitário, iniciando sua vida profissional em 1957, na Escola de Aplicação Visconde de Guarapuava. Transferiu-se logo em seguida para o Ginásio Estadual Manoel Ribas e, por meio de Concurso Público passou a fazer parte do Corpo Docente, na área de Historia da FAFIG, aposentando-se em 1984.

Em 1972 iniciou a docência superior na Fundação Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras hoje, UNICENTRO, ingressando no ano seguinte no Curso de Mestrado em História, na UFPR, no qual defendeu a Dissertação com o titulo de A posse e o uso da terra: modernização agropecuária de Guarapuava, publicada pela Secretaria de Estado da Cultura e do Esporte, no Programa Paraná, Memória, Momento.

Na disciplina Métodos e Técnicas de Pesquisa Histórica e em Programas de Iniciação Científica iniciou seus trabalhos de pesquisa, bem como orientou monografias dos acadêmicos nos mais variados temas, procurando desenvolver em seus alunos o gosto pela pesquisa.

Foi docente em Cursos de Pós-Graduação e orientadora de quinze pós-graduandos na elaboração de suas monografias. Fez palestras, comunicações e ministrou Cursos de Extensão.

Durante o exercício de sua vida profissional e, mesmo após a aposentadoria, realizou muitos trabalhos de pesquisa já publicados, alguns individuais e outros em co-autoria, dos quais destacam-se: A posse e o uso da terra: modernização agropecuária de Guarapuava, que constituiu bibliografia básica na elaboração de trabalhos posteriores. Trabalhos em co-autoria: Símbolos de Guarapuava, que permitiu a correção e legalização dos símbolos do Município; 0 abastecimento de d'água no seculo XIX e a evolução do saneamento básico em Guarapuava; Escravidão e Trabalho; A ACIG em ação: 1955- 1995; A Associação Brasileira de Odontologia e sua trajetória em Guarapuava; Philantropia Guarapuavana: 150 anos de História.

Em 23 de agosto de 2001, recebeu da Câmara Municipal de Guarapuava o Titulo de Cidadã. Benemérita; a Comenda da Ordem do Pelicano do Oriente de Guarapuava, da Loja Maçonica Philantropia Guarapuavana; e em 2004, a Comenda Duque de Caxias, outorgada pelo Grande Oriente do Brasil-Parana, pelo Decreto n° 630.

Copyright © 2019

Direitos Reservados - ALAC

Rua Senador Pinheiro Machado, 1827, Centro

85010-100 - Guarapuava - Paraná

podcast.png

Desenvolvido por

Fábio Vinícius Primak